Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

SOLitário



SOLítário


De que precisa o Sol

se é soberano

se comanda

se domina!

Sol só desperta

não nina

fundamental para a vida

na terra

não chora

não ri

tão exato nunca erra!

O Sol precisa de quem?

Imenso como o Deus

que o fez

de luz e calor, tão repleto

mas que o deixou incompleto

porque o fez sem ninguém...

(Katia Ponciano)

Oficina de Poesia

ABSD
publicado por Claudia Leal às 11:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

SOLitário



SOLítário


De que precisa o Sol

se é soberano

se comanda

se domina!

Sol só desperta

não nina

fundamental para a vida

na terra

não chora

não ri

tão exato nunca erra!

O Sol precisa de quem?

Imenso como o Deus

que o fez

de luz e calor, tão repleto

mas que o deixou incompleto

porque o fez sem ninguém...

(Katia Ponciano)

Oficina de Poesia

ABSD
publicado por Claudia Leal às 11:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Maio de 2008

Não maltrate uma mulher...



"Cuida-te quando fazes chorar uma mulher,


pois Deus conta as suas lágrimas.


A mulher foi feita da costela do homem,


não dos pés para ser pisada, nem da cabeça para ser superior,


mas sim do lado para ser igual,


debaixo do braço para ser protegida


e do lado do coração para ser AMADA."
publicado por Claudia Leal às 09:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Não maltrate uma mulher...



"Cuida-te quando fazes chorar uma mulher,


pois Deus conta as suas lágrimas.


A mulher foi feita da costela do homem,


não dos pés para ser pisada, nem da cabeça para ser superior,


mas sim do lado para ser igual,


debaixo do braço para ser protegida


e do lado do coração para ser AMADA."
publicado por Claudia Leal às 09:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 4 de Maio de 2008

Tanto Mar



Foi bonita a festa, pá
Fiquei contente
E inda guardo, renitente
Um velho cravo para mim

Já murcharam tua festa, pá
Mas certamente
Esqueceram uma semente
Nalgum canto do jardim

Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei também quanto é preciso, pá
Navegar, navegar

Canta a primavera, pá
Cá estou carente
Manda novamente
Algum cheirinho de alecrim
Chico Buarque
publicado por Claudia Leal às 15:27
link do post | comentar | favorito
|

Tanto Mar



Foi bonita a festa, pá
Fiquei contente
E inda guardo, renitente
Um velho cravo para mim

Já murcharam tua festa, pá
Mas certamente
Esqueceram uma semente
Nalgum canto do jardim

Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei também quanto é preciso, pá
Navegar, navegar

Canta a primavera, pá
Cá estou carente
Manda novamente
Algum cheirinho de alecrim
Chico Buarque
publicado por Claudia Leal às 15:27
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Só uma flor



Aceita esta flor como símbolo da minha fidelidade,
da minha amizade, do meu amor, de tudo que sinto por ti.

Aceita esta flor, que te ofereço por me faltarem
palavras para expressar os sentimentos todos
que tu fizeste nascer dentro de mim.

Cada gesto teu, cada atitude, cada pequenino
carinho foram sementes de amor que aos pouquinhos
cresceram, se agigantaram, criaram raízes
e se fortaleceram no quintalzinho do meu coração.

Aceita esta flor que te dou, por me faltarem
os tesouros do mundo para dar-te,
por não ter asas de anjos para cobrir-te,
proteger-te e afastar-te de tudo que pode afligir-te.

Aceita esta flor como uma oração elevada
aos céus, carregando teu nome, pedindo
que a luz de todas as estrelas se derrame sobre a tua Vida.

Aceita esta flor como se um pássaro fosse,
levando em seu bico a verde folha da esperança,
a semente de brancos e puros lírios,
para que vivas em eterna Paz.

Aceita esta flor como símbolo do mais Incondicional Amor!


(Silvia Sdmidt)
publicado por Claudia Leal às 14:43
link do post | comentar | favorito
|

Só uma flor



Aceita esta flor como símbolo da minha fidelidade,
da minha amizade, do meu amor, de tudo que sinto por ti.

Aceita esta flor, que te ofereço por me faltarem
palavras para expressar os sentimentos todos
que tu fizeste nascer dentro de mim.

Cada gesto teu, cada atitude, cada pequenino
carinho foram sementes de amor que aos pouquinhos
cresceram, se agigantaram, criaram raízes
e se fortaleceram no quintalzinho do meu coração.

Aceita esta flor que te dou, por me faltarem
os tesouros do mundo para dar-te,
por não ter asas de anjos para cobrir-te,
proteger-te e afastar-te de tudo que pode afligir-te.

Aceita esta flor como uma oração elevada
aos céus, carregando teu nome, pedindo
que a luz de todas as estrelas se derrame sobre a tua Vida.

Aceita esta flor como se um pássaro fosse,
levando em seu bico a verde folha da esperança,
a semente de brancos e puros lírios,
para que vivas em eterna Paz.

Aceita esta flor como símbolo do mais Incondicional Amor!


(Silvia Sdmidt)
publicado por Claudia Leal às 14:43
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

Eu sou rebelde



Eu, sou rebelde porque o mundo quis assim,
Porque nunca me trataram com amor,
E as pessoas se fecharam para mim

Eu sou rebelde porque sempre sem razão,
me negaram tudo aquilo que eu sonhei,
e me deram tão somente incompreensao
Eu queria ser, como uma criança
cheia de esperança e feliz
E queria dar tudo que ha em mim,
tudo em troca de uma amizade

E sonhar, e viver
esquecer o rancor
e cantar e sorrir
e sentir só amor

publicado por Claudia Leal às 15:26
link do post | comentar | favorito
|

Eu sou rebelde



Eu, sou rebelde porque o mundo quis assim,
Porque nunca me trataram com amor,
E as pessoas se fecharam para mim

Eu sou rebelde porque sempre sem razão,
me negaram tudo aquilo que eu sonhei,
e me deram tão somente incompreensao
Eu queria ser, como uma criança
cheia de esperança e feliz
E queria dar tudo que ha em mim,
tudo em troca de uma amizade

E sonhar, e viver
esquecer o rancor
e cantar e sorrir
e sentir só amor

publicado por Claudia Leal às 15:26
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Rancho das Flores

. Quando Te Vi (Till There ...

. Asas para voar

. Esperança

. Planeta Água

. Para as minhas filhas, Da...

. Só de Passagem

. De coração pra coração

. Minha Rua

. Quando é Amor

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. As sem-razões do amor

blogs SAPO

.subscrever feeds